Pesquisa de Palavras-Chave – O que vem Depois?

24 Feb

A pesquisa de palavras-chave é um processo essencial na otimização de um site, é através dela que conseguimos descobrir os termos utilizados pelo público-alvo, na busca orgânica, para encontrar os assuntos relacionados ao site a ser otimizado. Outro ponto essencial dessa pesquisa é que obtemos dados sobre a concorrência para esses termos, bem como a dificuldade para obter bons resultados para a otimização desses termos.

Entretanto, quanto mais ferramentas e recursos utilizamos durante a etapa de pesquisa de keywords, maior o número de termos interessantes que podemos utilizar nas páginas do site. Nesse ponto, fica a pergunta: o que fazer com todos esses termos? Abaixo, segue um passo a passo do que fazer com todos essas palavras.

Passo ‘Zero’ – Pesquisa de Keywords

Na etapa de pesquisa de keywords, utilizamos as mais diversas ferramentas (desde o Google Insights, Adwords External tool, até ferramentas de concorrência e análise do site, como a SEM Rush e o próprio GA). Não vou abordar como realizar a pesquisa, mas para quem quer saber mais, recomendo aguardar o artigo que a Bia está preparando… Para quem não quer esperar, você pode consultar o material disponibilizado na MestreSEO sobre keyword research.

Afim de facilitar a compreensão do assunto, vamos supor que estamos fazendo uma pesquisa de keywords para uma loja virtual de … de… saias femininas (hehe). Após passar pelo Google Insights, Google Adwords External Tool e Google Suggest, obtive uma lista de palavras-chave semelhante a seguinte:

lista keywords

E agora, o que farei com a essa lista de palavras-chave?

Passo 1 – Agrupar

O segundo passo nessa estratégia será agrupar as keywords em grupos distintos. No nosso caso, organizamos as keywords em:

  • keywords relacionadas a home
  • keywords de ação
  • keywords relacionadas a tipos de produtos
  • keywords informativas

Da seguinte maneira:

lista de keywords classificadas

Nesse primeiro momento já podemos definir algumas ações a serem tomadas:

  • Para a home do site, é interessante utilizar não apenas as head tails principais, mas também termos relacionados a ação do usuário.
  • Ainda quanto as palavras de ação, é interessante verificar se existem termos relacionados aos tipos de produtos oferecidos no site – se sim, essas palavras de ação podem ser utilizadas nas páginas de tipos de produtos (categorias, subcategorias, landing pages)
  • Para os tipos de produtos, é interessante que cada tipo de produto diferente identificado na busca de palavras-chave tenha sua própria categoria/subcategoria no site, ou uma landing page específica
  • Os termos informativos podem ser utilizados tanto para orientar a produção de conteúdo no blog do próprio site, como também ajudar na produção de conteúdo externo ao site

No nosso exemplo, podemos:

  1. Utilizar na home do site os termos: saia, saias e comprar saia
  2. Definir as categorias: mini saia (ou saia curta), saia jeans, saia justa, saia lápis, saia cintura alta, saia de babado, saia de renda, saia bandage. Aliás, se fôssemos trabalhar com tags, talvez seria interessante montar as categorias com base nos modelos de saias e utilizar as tags para classificar o material.
  3. Utilizar os termos informativos para montar artigos no blog da marca. Por exemplo, lançar artigos sobre a evolução dos “modelos de saias”, ou ainda, os “modelos de saias” que fazem sucesso na novela, etc.

Passo 2 – Enxugar

Como não é interessante abordar um número muito grande de palavras-chave em cada uma das páginas do site, nesse ponto da análise vamos selecionar quais serão as keywords mais interessantes para cada página, pelo menos em um primeiro momento.

Afim de tomar essas decisões, vamos verificar tanto o volume de buscas para cada termo, bem como a concorrência para os mesmos, através da Adwords Keyword External Tool. Da seguinte maneira:

interface do adwords external tool

Onde:

  • Em 1 vamos inserir os termos que selecionamos na etapa de pesquisa de palavras-chave.
  • Em 2 e 3 selecionamos, respectivamente, o país de foco e o idioma.
  • Em 4 vamos selecionar “Exact” – ou seja, todas as informações passadas pela ferramenta ao clicar em “search” serão relacionadas exatamente as keywords inseridas no campo 1.

Com posse desses dados, é necessário encontrar um “meio termo” entre concorrência e volume de buscas para os termos. Geralmente quanto menos concorrido é um termo, mais fácil de obter rankings para o mesmo, mas o volume de pesquisas para o mesmo é bem menor.

Outro ponto que vale ressaltar é que, muitas vezes, mesmo quando estamos otimizando para um termo menos concorrido não necessariamente deixamos de otimizar para o termo mais concorrido. Por exemplo, ao construir um título focado na expressão: “comprar saia”, de maneira indireta estamos otimizando para “saia”. Lembre-se que, principalmente para sites mais novos, o jeito mais simples de obter resultados é atacar primeiramente os termos menos concorridos – e, como acabamos de constatar, ao utilizar essa estratégia não deixamos de fortalecer o site para os termos mais concorridos também.

Mas, voltando ao exemplo da nossa loja de saias, passei na ferramenta os termos relacionados a categoria “saia de cintura alta”, obtendo os seguintes resultados:

resultados: keyword external tool

Como é possível notar, o termo “saias de cintura alta” é um dos que tem a menor concorrência entre os termos assinalados, bem como tem um dos maiores volumes de pesquisas locais – o que o torna mais que interessante para ser utilizado na categoria em questão.

Esse processo pode ser realizado por grupos de keywords identificadas, ou ainda, por grupos de termos que podem ser utilizadas nas principais páginas do site.

Passo 3 – Vamos ao Uso

Na etapa anterior, selecionamos as keywords que serão trabalhadas na otimização onpage das páginas site em um primeiro momento: title, alt de imagens, textos-âncora dos links internos, conteúdo e tudo o mais que poderá ser trabalhado internamente no site.

Quanto ao link building, é interessante não utilizar somente as keywords que selecionamos para o onpage, mas também lembrar daquelas que “descartamos” no processo anterior – o que ajuda a obter um conjunto um pouco mais diversificado de textos-âncora que contém os termos ligados aos focos das páginas trabalhadas.

Pesquisa de Keywords – Processo Constante

Uma coisa que se deve ter em mente ao trabalhar com otimização de sites é que o comportamento do usuário muda constantemente – seja pelo processo natural de adaptação, seja por sazonalidade – e esse fato torna necessário que estejamos atentos aos termos utilizados pelos usuários nas buscas, afim de identificar essas alterações e trabalhar o site para comportá-las.

Para ficar atento a essas mudanças, é necessário tanto analisar o tráfego do próprio site através de ferramentas como o Google Analytics e Webmasters tools, mas também estar atento as notícias e trends relacionados ao nicho de mercado onde o site está inserido – Afim de orientar a produção de conteúdo no site, mas também a otimização onpage e os trabalhos de link building.



30 Comentários to “Pesquisa de Palavras-Chave – O que vem Depois?”

  1. Igor G. Vianna February 24, 2011 at 12:22 pm #

    uhul primeiro a comentar! E homem! (brincadeira)
    Legal o artigo!
    Principalmente na parte de organização das palavras-chaves.
    Parabéns!

  2. Renata Personny February 24, 2011 at 12:22 pm #

    Excelente artigo!!! Parabéns… ;D

  3. Fábio Pessoa February 24, 2011 at 12:28 pm #

    Olá Fabi,
    Parabéns muito bom o artigo com altas dicas valiosas com ferramentas excelentes.

    Atenciosamente, Fábio Pessoa

  4. Márcio February 24, 2011 at 12:49 pm #

    Artigo muito bom!

    Parabéns!

  5. Luan Muniz February 24, 2011 at 12:58 pm #

    Ótimo artigo.

    Separar as palavras chaves nas categorias que você citou é realmente bem legal, ajuda a produzir o conteúdo inteiro por área já levando em conta todo o publico que irá chegar no site.
    É bem legal para um redator saber que tipo de assunto ele vai abordar e como ele vai abordar na hora de preparar o conteúdo

    Parabens!
    Excelente!

  6. Vinicius Marino February 24, 2011 at 1:02 pm #

    Ótimo artigo. Muito bem explicado!

    Estão fazendo um ótimo trabalho meninas.

    Parabéns!

  7. Denis Andrade February 24, 2011 at 1:17 pm #

    Olá Fabiane, parabéns pelo artigo.

    Quando eu crio uma planilha para definir as palavras que vou trabalhar, não gosto muito de usar o “competition” para definir a dificuldade da palavra, embora seja mais fácil e rápido.

    Eu uso uma segunda planilha com um check list e faço uma analise da página que aparece em primeiro lugar para a palavra e crio com ela o meu próprio ‘score’. Faço isso para cada uma das palavras, dá bastante trabalho, mas dá resultado.

    Um abraço.

  8. Priscila Muniz February 24, 2011 at 1:35 pm #

    Parabéns, Fabi. Já aprendi muito de SEO com @DomicioNeto, agora vou aprender com vocês. Acho importante o pessoal que não trabalha diretamente com SEO se ligar nesses artigos, é muito, muito útil :)

    • Domicio Neto - SEO February 24, 2011 at 2:27 pm #

      Fico feliz em saber que já aprendeu muita coisa de SEO comigo :)

      Realmente o post de Fabi ta muito bom! Parabéns!

      Começando o SEO de Saia com o pé direito! Bom ver blogs da área com pessoas que escrevem bem e com segurança no que falam.

      Agora é aguardar o post da PriM 😀

  9. Paula Albocino February 24, 2011 at 1:42 pm #

    Ótimo artigo, Fabi! Útil para iniciantes e experientes também.
    Beijos

  10. Vava February 24, 2011 at 1:44 pm #

    Essa é a Fabi florida de sempre, apesar de não ter dado flores como exemplo apareceu uma “saia tulipa” no meio da pesquisa, continuem o belo trabalho meninas!

  11. Alex Rodrigues February 24, 2011 at 1:52 pm #

    Eu uso no dia-a-dia da empresa um modelo que retirei do livro “SEO: An hour a day”, recomendo darem uma olhada. Tem uma planilha (quem quiser posso enviar, só me pede no Twitter – @alexrodrigues43), que fica fácil de controlar esse processo de seleção, classificação e categorização das palavras, até sugerindo dividir por landing page e outros aspectos.
    Muito legal a iniciativa de juntar as garotas do SEO e o blog tá bem legal.

  12. Thiago Cazzaro February 24, 2011 at 3:31 pm #

    Olá Fabiane, Muito bom seu post! Existem nichos de mercado onde a pesquisa acaba ficando muito extensa e dicas como as suas são perfeitas para organizar as ações de otimização. Abraços e parabéns a vocês pelo blog!

  13. Aline Couto February 24, 2011 at 4:53 pm #

    Excelente começo do SEO de SAIA Fabi!

    O artigo ficou muito bem escrito e trouxe informações muito interessantes como esta organização em grupos. Parabéns!

  14. Richard Jesus February 24, 2011 at 5:00 pm #

    Du caráleo seu artigo Fabiane, principalmente pela taxonomia das palavras-chave que é algo que nem todos usam :)

    Você usa metodologia GTD (Getting Things Done)aplicada a SEO?

    Ela tem exatamente como premissa os quatro passos:

    1.Coletar
    2.Processar
    3.Organizar
    4.Fazer.

    Não consegui não ver essa relação e se não fez propositalmente dá uma pesquisada, tem tudo a ver com a forma que tu organizou o trabalho.

  15. Diego Lopes February 24, 2011 at 5:25 pm #

    Além de linda vc tb escreve mt bem, parabéns. Gostaria de indicar meu texto sobre otimização de seo tb, obrigado. Bjos!

  16. Mariana Rodrigues February 24, 2011 at 7:34 pm #

    Ótimo artigo Fabi! Já vi que vou aprender muito aqui com vocês. Como a Pri disse vai ser muito importante para quem não trabalha diretamente com SEO.
    Parabéns!

  17. Juliano Torriani February 24, 2011 at 10:27 pm #

    Muito bom o artigo!

    Sempre uso esta forma como vocÊ falou em separar por categorias, já fazia no PPC e adaptei para o SEO.

    Perfeita a dica sobre assuntos para o blog, tem que extrai o máximo do kwd research.

    Uma obs sobre link building, no começo eu sempre faço focado nas palavras principais depois de um tempo com o posicionamente razoável começo a trabalhar nas variações e outras possibilidades.

    Parabéns Fabi e Gurias pela iniciativa do Blog..

    Abraço

  18. Manuela Sanches February 28, 2011 at 1:39 am #

    Muito bom o post, Fabi! Bem didático!

  19. Amorim Floripa May 16, 2011 at 1:40 pm #

    Só estou começando!
    mas ñ encontrei nada tão objetivo.

    F A V O R I T O S já.

  20. Ricardo May 18, 2011 at 10:29 am #

    Olá!

    Excelente artigo. Vc conseguiu colocar de forma clara e organizada os passos a percorrer para ter as palavras chave mais adequadas para um negócio. Com certeza quem começar o trabalho de pesquisa das palavras chave seguindo essas dicas irá poupar um bom tempo e terá um retorno favorável.

    Abraços

  21. Iúri May 18, 2011 at 4:59 pm #

    Olá Fabiane,

    Sem dúvida um ótimo artigo sobre SEO, que vai muito além de somente utilizar as ferramentas existentes. Parabéns.

    Um abraço.

  22. Robson Coutinho September 12, 2011 at 12:45 am #

    Olá Fabiane Lima,

    Muito bom o post, muito bem explicado e com dicas bem interessantes como essa de separar as palavras em grupos. Parabéns e estou aguardando mais posts tão bons quanto este.

    Abraços!!

  23. Rafael Freitas April 25, 2012 at 11:49 pm #

    Boas dicas de keywords Fabiane parabéns pela nicho sobre o assunto.

  24. André Degaspery November 27, 2013 at 1:46 pm #

    Parabéns pelo artigo! Excelente dinâmica para demonstrar os passos a serem seguidos aos leigos! Está de parabéns!

  25. Viviane January 16, 2014 at 12:29 pm #

    Eu adorei, vai me ajudar muito =)
    Obrigaduuuuu =)

Trackbacks and Pingbacks

  1. 10 Dicas para Atrair Links com o seu Blog | SEO de Saia - February 28, 2011

    […] a categoria de jogos de playstation 3. Claro que este é um exemplo rápido. Como a Fabi disse no post anterior, varie o texto âncora. Mas este também é um assunto para outro […]

  2. Tendências em SEO no ano de 2011 « Leonardowesleidiniz's Blog - May 17, 2011

    […] processo para garantir que nossos web writers possuam conhecimento da nossa estrutura. É altamente recomendável manter planilhas de linkagem e um treinamento para todos os que escrevem conteúdo para o seu […]

  3. Tendências em SEO no ano de 2011 | Mozack - May 17, 2011

    […] […]

  4. Tendências em SEO no ano de 2011 | Arte Web Design - May 18, 2011

    […] processo para garantir que nossos web writers possuam conhecimento da nossa estrutura. É altamente recomendável manter planilhas de linkagem e um treinamento para todos os que escrevem conteúdo para o seu […]

Deixe um comentário