Dicas do que não fazer na rede de Display do Google

11 Aug

Provavelmente você já deve ter ouvido falar da rede de display do Google e de todos os benefícios que ela pode trazer para uma campanha de links patrocinados não é mesmo?!

O que muita gente não sabe é que errar com a rede de display pode simplesmente destruir uma campanha que tinha tudo pra dar certo. Vou citar aqui alguns erros bem comuns e graves que já pude observar nos mais diversos segmentos , de clientes e de agências também.

1-  O primeiro e mais grave de todos – Não separar as campanhas

Esse erro é muito comum pra quem está começando a usar o Adwords e também em algumas agências que acreditam piamente que duplicando a campanha é possível ter bons resultados na rede de display.


Nos detalhes da campanha temos – redes e dispositivos e o ideal ao trabalharmos com a rede de display é somente segmentar a campanha como rede de display, separando assim, da rede de pesquisa.

 

2- Criação de palavras-chaves muito específicas como na rede de pesquisa

Uma campanha na rede de display não precisa necessariamente ser segmentada por palavras-chave, mas se essa segmentação for feita o ideal é que se possa trabalhar com temas.   Por exemplo, em uma campanha de “dia dos namorados” em que podemos usar palavras mais amplas como: amor, saudade, paixão e por aí vai. Isso tudo por que é mais fácil encontrarmos sites que possuam direcionamento por esses temas do que por termos muito específicos. A segmentação na rede de display pode ser feita de diversas formas: 1) por contexto, 2) por canal, 3) por contexto e por canal, mas isso também fica para um segundo post.

 

3-  Não ter tempo de selecionar sites relevantes para campanha

Selecionar adequadamente é a “alma do negócio” e é necessário muito cuidado. Quando simplesmente habilitamos a campanha pra rede de display estamos querendo dizer que ela pode aparecer em qualquer um dos sites de TODA rede de conteúdo do Google daí a necessidade de escolhermos com cautela esses sites.

O mais importante é sempre se colocar como o consumidor, e pensar se realmente aquele site tem relevância para seu produto ou serviço. Ah! E atenção, é importante sim conferir as URLs que a plataforma te dá, pois tem muito nome “bonitinho” que ao clicarmos encontramos sites absolutamente sem nada e só com anúncios dos mais diversos possíveis. Precisamos trabalhar bem como mídia nessa hora e não deixar o Google fazer o trabalho sozinho.

Muito trabalho, né?! Imagina então quando falarmos de vídeos no youtube ou campanhas gráficas. Mas isso vai ficar para um segundo momento. E agora como eu faço para escolher os sites?! Simples o próprio Google Adwords te dá essa opção na plataforma em “Redes” e possui uma ferramenta de canais na qual você pode inserir palavras-chave, escolher categorias e tipo de canal.

Apesar de tudo, gosto de indicar uma ferramenta também muito prática nessa hora o “DoubleClick Ad Planner“.


Através dele você consegue obter informações sobre sites e público alvo,  audiência, saber que formatos  de anúncios, da rede de display, estão disponíveis nos sites escolhidos, selecionar vídeo relevantes no caso de campanha no Youtube e no final montar um “planinho de mídia” e transferir tudo para sua conta do Adwords. J  Legal, né?! Melhor mesmo só vendo a campanha dar resultado.

 

4- Não está afim de pensar muito na seleção dos sites ?!

Ok. Então pelo menos não esqueça de excluir o que pode sujar a imagem da marca. O Google Adwords te dá a possibilidade de excluir sites com conteúdo inapropriado. Essas exclusões podem ser feitas para campanha inteira ou somente para determinado grupo de anúncio e podem ser por tipo de mídia, tópicos e até paginas.

No final, tudo é muito importante e prestar atenção nos mínimos detalhes faz toda diferença ao configurarmos uma campanha para rede de display do Google. Temos que dar uma de “mídias” mesmo, gerenciando cada resultado dos canais escolhidos e tentando sempre melhorar os lances nos canais mais importantes. ; )

 

Stephanie Malulei é publicitária, profissional de SEM e especialista em Links Patrocinados. Sócia Fundadora da “Você Pertence – Movimento Criativo”, trabalha com marketing Digital desde 2008.

 



9 Comentários to “Dicas do que não fazer na rede de Display do Google”

  1. Dudu August 11, 2011 at 11:23 am #

    Olá Stephanie,
    Muito bom seu artigo. várias dicas ai super interessantes que com certeza podem salvar uma campanha.

    Vou testar a ferramente que você mencionou. Parece bem útil!

    Abs

  2. Carol August 11, 2011 at 12:32 pm #

    “Não ter tempo de selecionar sites relevantes para campanha” é o maior pesadelo dos analistas que cuidam de 7/8 contas (ou mais) ao mesmo tempo!
    E confiar na seleção automática do Adwords está cada vez mais complicado.

    Excelente post! Obrigada pelas dicas :)

  3. Pablo Almeida August 11, 2011 at 3:37 pm #

    Bom post, Stephanie! Você levantou os pontos realmente importantes para se dar o start na Rede de Display do Google.

    Recentemente, palestrei no Expon sobre o assunto, e gostaria de deixar minha apresentação como referência para complementar seu post: http://www.slideshare.net/pabloalmeida/google-adwords-rede-de-display 😉

  4. Juliano Barbosa August 11, 2011 at 4:07 pm #

    Stephanie,

    Parabéns pelo Post, boas dicas e execelente visão de processo e metodologia.

    Também recomendo a leitura da apresentação do nosso amigo Pablo Almeida realizada no Expon 2011.

    Votos de Sucesso!!!

  5. Nelson Schuck August 11, 2011 at 4:09 pm #

    Otimo post, muito valido pata quem não trabalho com links patrocinados ler antes de sua primeira campanhas.

    Parabéns pelo ótimo trabalho aqui no blog.

  6. Pedro Nelson August 11, 2011 at 5:39 pm #

    Excelente post! Parabéns Stéphanie, o artigo foi escrito com o conhecimento, a experiência e a objetividade própria de uma profissional de primeira linha.

  7. Andressa August 13, 2011 at 1:51 am #

    Excelentes dicas!! Ótimo artigo.

  8. Wesley Gonçalves December 8, 2011 at 2:26 pm #

    Olá Stephanie,

    Tenho certeza que seu post vai ajudar muitas pessoas, aqui na Agência aparece várias contas com estes erros.

    O Grande erro sempre em campanhas de Links Patrocinados no Google AdWords é a falta de segmentação e não conhecer seu público alvo.

    A dica que sempre dou é: Estude bem o seu público alvo, saiba quem você quer atingir.

    Abraço

  9. luciana December 19, 2014 at 10:08 am #

    Gostei muito do post Stephanie, parabéns.

    Cheguei ao seu post pesquisando no google “como aparecem os anúncios do google Adwords Display na página de Erro e na página de domínio reservado”.

    Não achei, queria ter usado os exemplo em uma apresentação do trabalho da faculdade, mas não deu. Por curiosidade você tem prints de exemplos?

    Outra dúvida que surgiu durante a apresentação foi em relação aos anúncios dessa natureza, me perguntaram se é possível selecionar os canais gerenciados, assim como no restante da rede de display. Você sabe se é possível escolher em quais paginas de erro e de domínio reservado o anúncio pode aparecer?

    Eu não soube o que responder…

    Obrigada desde já pela atenção,

    Boas festas

    Att,
    Luciana

Deixe um comentário